Blog

Indicadores de RH: o que são e como implantá-los

Indicadores de RH: o que são e como implantá-los

Indispensáveis nas empresas modernas, os indicadores de RH são utilizados para mensurar os resultados do setor de recursos humanos das empresas e guiar a tomada de decisões. 

Uma das principais ações das empresas mais modernas é acompanhar, de perto, o andamento das estratégias implantadas pelo setor de recursos humanos. Saber se os resultados têm sido alcançados, se é necessário mudar ou implementar algo: tudo isso fica mais claro quando se conta com indicadores de RH.

Essas métricas tornaram-se essenciais no mundo corporativo, pois oferecem  dados precisos sobre processos de organização, como assiduidade, comprometimento, engajamento, clima organizacional e outros aspectos da equipe.

Se deseja conhecer mais a fundo o que são os KPIs de RH e como eles podem ser mensurados nas empresas, este conteúdo vai ajudar você a sanar suas dúvidas. Acompanhe!

 

O que são indicadores de RH?

Também conhecidos como key performance indicators (KPIs), os indicadores-chave de desempenho são métricas utilizadas para que as empresas e seus departamentos consigam mensurar e atingir resultados estipulados, com base em uma série de dados e informações.

Esses KPIs auxiliam as organizações a compreender melhor sua realidade e, assim, traçar planos e estratégias. Inclusive, muitas dessas variáveis, que se tornaram indispensáveis para as empresas, sequer eram consideradas por não existirem metodologias capazes de medi-las.

É importante ressaltar que os KPIs tem como foco medir se o desempenho do RH de uma empresa contribui diretamente para alcançar os objetivos e resultados-chave das empresas

Esses valores são considerados indicadores de performance somente se forem utilizados nas decisões estratégicas da empresa, de acordo com as diretrizes estipuladas pelo setor de  recursos humanos.

 

Como implantar indicadores no RH?

Os key performance indicators podem ser excelentes aliados na busca por uma gestão de RH eficaz em sua empresa. A questão central é: como implantá-los dentro da companhia, a fim de evitar erros na gestão de pessoas e conseguir resultados mais positivos dentro do setor?

Abaixo separamos algumas dicas que podem ajudar bastante a sua empresa a colocar esses indicadores de performance em prática especialmente se a sua empresa está iniciando agora:

 

Compreenda bem os KPIS e selecione quais usar

Apesar de abranger basicamente todo tipo de negócio, os indicadores devem ser analisados antes de qualquer implementação para que sejam claramente definidos o “porquê” da escolha e o seu objetivo final.

Para isso, é preciso que os principais desafios da empresa estejam bem claros. Em seguida, podem ser escolhidos os indicadores que podem ser acompanhados de perto, para que seus resultados influenciem na decisão do gestor de RH.

É preciso tomar cuidado na escolha, pois  contar com muitos indicadores pode gerar perda de foco na estratégia.

 

Trabalhe a comunicação interna

Seus colaboradores devem saber que estão sendo monitorados por indicadores de RH. Sendo assim, é preciso ter uma comunicação cuidadosa e precisa para esclarecer que esse movimento nada tem a ver com controle ou repressão, mas, sim, um incentivo para que todos entreguem o seu melhor.

 

Tecnologia como grande aliada

Contar com o apoio da tecnologia durante a etapa de implementação dos indicadores, por meio das ferramentas e profissionais corretos, é fundamental. Além de garantir maior agilidade e segurança, a taxa de eventuais erros é reduzida.

Por exemplo, hoje há um vasto mercado que oferece soluções inovadoras em aspectos como planejamento, desenvolvimento empresarial e até mesmo gerenciamento de capital humano. Esses pontos, ainda que estejam no background dos resultados de produtividade, fazem grande diferença no final.

 

Indicadores de desempenho do RH

Agora que você já foi apresentado ao conceito dos indicadores de desempenho do RH, vamos mostrar alguns dos principais exemplos utilizados no mercado que podem contribuir de forma positiva para o planejamento de seu setor de recursos humanos:

 

Lucratividade

A lucratividade pode ser mensurada de diversas formas, por meio de percentuais, nominalmente, com cálculos de lucro operacional, margem de contribuição, entre outras. O importante é escolher uma maneira que deixe claro se os valores gerados são melhores do que os iniciais.

A missão é calcular o desempenho do negócio em certo período, permitindo aos gestores a tomada de decisões estratégicas e preventivas em relação a riscos financeiros, como endividamentos e falências.

 

Absenteísmo

Esse indicador trata dos totais de faltas e atrasos, contabilizados quando não há uma justificativa prevista na lei, como um atestado médico. Basicamente, trata de medir taxas de ausência.

Responsáveis por apontar o quanto o colaborador deixou de trabalhar em determinado período, os índices de absenteísmo interferem diretamente na produtividade. Por isso deve ser controlado de perto.

Para medir taxas de ausência, ou índices de absenteísmo, basta proceder da seguinte maneira: a soma das horas perdidas é dividida pelo total de horas que deveriam ter sido trabalhadas e o resultado é multiplicado por 100.

 

Produtividade

O indicador de produtividade revela o quanto o funcionário tem se dedicado a produzir para a empresa, o que permite à companhia identificar se ela está ganhando mais do que tem gasto com esse colaborador. Assim, medidas como incentivos ou seu desligamento podem ser tomadas com assertividade.

Para os cálculos, devem ser considerados aspectos específicos da função em que o profissional atua, mas três são essenciais: o tempo que o colaborador leva para realizar uma tarefa, a qualidade do serviço e os custos da empresa com aquele funcionário. 

 

Turnover

Interessante à gestão de RH, este índice de rotatividade está relacionado ao público interno da empresa e trata da quantidade de admissões e demissões que aconteceram em um determinado período.

Taxas de turnover (ou índice de rotatividade) muito altas indica que há outros problemas no ambiente de trabalho, desde  falhas nos processos de recrutamento e seleção até conflitos internos e alinhamento cultural entre empresa e colaboradores.

Devido à importância de reter talentos dentro de uma empresa, é imprescindível que a taxa de turnover seja acompanhada e controlada de perto, pensando sempre no sucesso da organização.

 

Tempo de contratação

Esse índice oferece ao gestor de RH um olhar sobre a eficiência do processo de recrutamento e seleção, apresentando dados sobre o período de tempo entre a abertura de uma vaga e seu preenchimento.

Seu cálculo consiste em dividir o tempo total gasto no processo pela quantidade de vagas disponibilizadas.

 

Índice de retenção

Grandes taxas de rotatividade nunca são saudáveis para as empresas, gerando perdas financeiras e de processos. Por isso é que tanto se ressalta a importância da retenção de talentos que já fazem parte do quadro de funcionários.

O índice de rejeição é um KPI, cuja prática mais adotada costuma ser o endomarketing. Ele tem o papel de calcular a eficácia do RH e dos líderes em proporcionar um ambiente de trabalho com condições adequadas e bom clima organizacional para que os colaboradores não cogitem abandonar a empresa.

 

Como a Miranos pode ajudar você?

A Miranos é uma plataforma de gestão de pessoas que proporciona total alinhamento dos membros da equipe com as metas da companhia, a fim de gerar mais produtividade e eficiência nos processos internos da sua empresa.

Por meio de sistemas com reconhecimento, comunicação, feedback e pesquisas, ela  ajuda a planejar, mapear as necessidades dos negócios e extrair indicadores de desempenho acionáveis para as empresas. 

Uma das possibilidades da plataforma Miranos é implantar esses indicadores de RH, além de outros tantos, como avaliação de aprendizagem, de acordo com o objetivo da organização, oferecendo confiança e segurança para as equipes. 

Fale com um de nossos especialistas e descubra como usar os KPIs a favor do seu negócio.

Nunca foi tão fácil gerir um time vencedor
e engajado à missão de sua empresa.

Pronto(a) para esta parceria de sucesso?